Personalizando, de verdade, o Power BI com “custom visuals”

Com o crescimento da quantidade de dados disponíveis nas organizações, apresentá-los de maneira clara e direta é cada vez mais importante. Nesse contexto, o Power BI – ferramenta de análise de negócios da Microsoft – tem ganho destaque.

Mesmo contando com componentes e mecanismos de navegação integrados, suficientes para atender grande parte das necessidades de apresentação de métricas e indicadores, a plataforma ainda se destaca pela possibilidade de customização.

Além de poder personalizar os componentes built-in da plataforma, é possível, contando com a ajuda de um programador web, desenvolver outros novos, a partir do zero.

O processo de desenvolvimento de um novo componente acontece pela  programação de Custom Visuals, usando o pacote PowerBI Visual Tools, ou pbiviz, que pode ser instalado com o Node Package Manager (NPM).

O desenvolvimento de um Custom Visual demanda apenas conhecimento de tecnologias web convencionais, como como Typescript, HTML e CSS e pode ser potencializado pela utilização de frameworks como React, Angular ou D3.js.

O projeto de um Custom Visual é gerado, com tudo que é necessário, por uma ferramenta CLI, disponibilizada pelo pacote NPM que foi indicado acima.

Basicamente, o programador web precisará escrever pouco código – apenas dois métodos: o construtor e o update de uma classe que implementa IVisual. Além disso, o arquivo capabilities.json, também gerado pela ferramenta CLI, permite definir propriedades, como cores e fontes, que poderão ser customizadas, mais tarde, durante o uso, pelo usuário final, no Power BI.

export class Visual implements IVisual {
    constructor(options: VisualConstructorOptions) {
    
    }
    public update(options: VisualUpdateOptions) {
    
    }
}

tooling fornecido pelo pbiviz permite que o programador web tenha um feedback instantâneo de seu trabalho, com atualizações que ocorrem com hot reload. Tudo suportado pelo Power BI Service.

Além de poder se beneficiar do trabalho realizado em seus relatórios e dashboards, também é possível compartilhar a criação no App Source – loja de aplicativos para empresas da Microsoft. Enquanto este artigo era escrito, mais de 260 custom visuals, gratuitos, estavam disponíveis.

Em Resumo
  • O fato

    Power BI é uma ferramenta poderosa. Entretanto, muitas vezes, apenas customizar os "visuals" disponíveis built-in, não é suficiente para criar dashboards e relatórios realmente expressivos.
  • O insight

    É possível desenvolver, do zero, "Custom Visuals" utilizando apenas tecnologias convencionais da Web, como Typescript, HTML e CSS. Além disso, também é possível usar frameworks como React, Angular e D3.JS.

Thiago Gaglietti de Candido

Atuo na área de tecnologia e desenvolvimento de software com foco nas áreas de liderança técnica, arquitetura de software, aplicações de alto desempenho e inteligência artificial. No decorrer de minha carreira, trabalhei com organizações de diversos segmentos e liderei equipes em projetos de sucesso. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *